Cantor piauiense é assassinado no estado do Amapá com 60 facadas

O cantor piauiense Gledson Leal, 55 anos, natural de Picos (360 Km de Teresina), foi encontrado morto na madrugada deste domingo (2) dentro da casa onde morava, no município de Oiapoque, a 590 quilômetros da capital Macapá. Segundo a polícia, o corpo da vítima tinha cerca de 60 golpes de faca. Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte do cantor. "Lamentamos. São fatos que não vamos concordar e nem aceitar nunca, mas a melhor justiça é a de Deus, que ele faça o merecido", disse um amigo em um comentário.
Em sua última atualização, um dia antes de sua morte, um amigo comentou: "Esse foi uma das últimas fotos de meu amigo vivo. Saudades eternas. #luto Ontem ele foi pro lado do pai".  
O Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciodes) do Amapá informou que a morte aconteceu na madrugada de domingo (2), e que duas pessoas foram presas e dois menores de idade apreendidos, suspeitos do crime.
De acordo com o Ciodes, a vítima teria sido atraída por uma jovem de 17 anos, para o interior da casa onde morava. Na residência estariam três homens, dois de 19 anos e um menor de 17 anos. Eles teriam desferido as facadas. A polícia acredita que os suspeitos praticaram o crime para roubar a vítima.
Matéria do site piripiri40graus.com, com informações do G1 Amapá.


Cantor piauiense é assassinado no estado do Amapá com 60 facadas Cantor piauiense é assassinado no estado do Amapá com 60 facadas Reviewed by Fernado Carvalho on 04 agosto Rating: 5

Nenhum comentário